cetáceos

  Os cetáceos são um dos grupos de mamíferos aquáticos mais carismáticos do mundo. Compõem esse grupo as baleias (misticetos) e os golfinhos (odontocetos), animais sociais de elevado desenvolvimento cognitivo que habitam todos os mares do planeta. O grupo apresenta hoje 86 espécies; destas, ocorrem no Brasil oito espécies de baleias e 35 espécies de golfinhos. 

  Os cetáceos evoluíram a partir de ancestrais terrestres, sendo mais proximamente relacionados com os Artiodactyla, mamíferos ungulados com um par de dedos (como o boi, a cabra e o porco).

  O hipopótamo é o parente não extinto mais próximo dos cetáceos! Ao longo da evolução, os cetáceos adquiririam diversas adaptações ao meio aquático, como: corpo alongado e hidrodinâmico (com pênis e glândulas mamárias alojados internamente), desenvolvimento de membros anteriores em nadadeiras e regressão dos membros posteriores, maior eficiência do sistema respiratório, escassez de pelos e espessa camada de gordura de revestimento para manutenção da temperatura corporal, flutuabilidade e reserva energética.

boto-cinza

Sotalia guianensis

 

ClassificaçãoOdontoceto

Distribuição: Na costa atlântica neotropical, desde Honduras na América Central até o sul do Brasil (Estado de Santa Catarina) na América do Sul

Habitats: Estuarino e costeiro

Tamanho ao nascer: 0,9 m

Tamanho adulto: 1,8 m a 2,1 m

Peso adulto: 70 kg a 100 kg 

Características gerais do corpo: Corpo pequeno e robusto com cabeça estreita e alongada. Apresenta um rostro moderadamente fino com separação tênue do melão e com a mandíbula ligeiramente maior que a maxila. Nadadeira dorsal pequena e triangular, posicionada no centro do corpo. Nos juvenis o rostro é relativamente mais curto e arredondado. 

Coloração: Cinza dorsalmente, estendendo-se à região periocular, a todo o pedúnculo caudal e às nadadeiras peitorais. Há uma distinta faixa cinza oblíqua nos flancos. Ventre claro, variando de esbranquiçado a rosado. Uma faixa cinza claro pode estar presente desde próximo à região anal até a dorsal do pedúnculo caudal.

Nadadeiras: Peitorais largas afunilando na extremidade. Dorsal pequena e triangular, ligeiramente curvada para trás e posicionada no centro do corpo. Caudal larga, com extremidades afinadas e com nítida reentrância central. 

Dimorfismo sexual: Não evidente.

Dentição: Possuem de 30 a 34 pares de dentes maxilares e de 30 a 38 pares de dentes mandibulares.

Número de vértebras: 7 cervicais, 12 torácicas, 11 lombares e 24 caudais.

GOLFINHO-ROTADOR

Stenella longirostris

Classificação: Odontocetos

Distribuição: Águas tropicais e subtropicais dos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico.

Habitats: Costeiro e Oceânico, com concentrações ao redor de ilhas oceânicas. Destaque para a concentração que ocorre na região do Arquipélago de Fernando de Noronha, com registros diários de centenas de indivíduos realizando comportamentos de descanso, reprodução, cuidado de filhotes e jogos durante a fase clara do dia. A alimentação é noturna em áreas mais distantes do Arquipélago, incluindo o Atol das Rocas, Arquipélago de São Pedro e São Paulo e montes submarinos próximos da costa do Rio Grande do Norte e Ceará.

Tamanho ao nascer: 0,80 m

Tamanho adulto: 1,8 m a 2,4 m

Peso adulto: 75 kg a 95 kg

Características gerais do corpo: São animais considerados pequenos, com corpo delgado, rostro longo e fino, Com a marcação do melão evidente.

Coloração: Possui o dorso cinza-escuro, com a nadadeira e o rostro também cinza. Os olhos possuem uma mancha cinza mais escura ao redor incluindo a parte superior do rostro. Flancos cinza-claros. Faixa cinza-claro partindo dos olhos seguindo a direção das nadadeiras peitorais e possui o ventre claro.

Nadadeiras: Peitorais pequenas e com extremidades pontudas, dorsal grande e triangular, caudal pequena e com reentrância central.

Dimorfismo sexual: Machos adultos possuem uma protuberância pós-anal discreta.

Dentição: 46 a 65 dentes por face maxilar e mandibular.

Número de vértebras: 7 cervicais, 15 torácicas, 20 lombares e 36 caudais.

É BALEIA

OU é

GOLFINHO?

?

?

?

Ao contrário do que muitos pensam, o que diferencia baleias e golfinhos não é o tamanho corporal!
Enquanto os odontocetos possuem dentes para capturar o alimento, as baleias apresentam barbatanas - placas queratinizadas localizadas na porção superior da boca, utilizadas para filtração. Além disso, as baleias apresentam dois orifícios respiratórios enquanto que os golfinhos apresentam apenas um. As baleias também apresentam comportamento migratório, enquanto que os golfinhos não.

GOLFINHO-PINTADO-PANTROPICAL

Stenella atenuatta

Distribuição: É encontrado em águas tropicais e temperadas de águas quentes.

Habitats: Oceânico

Tamanho ao nascer: 0,9 m

Tamanho adulto: 2,0 m a 2,8 m

Peso adulto: 100 kg a 140 kg

Características gerais do corpo: Possui corpo alongado e esbelto. O rostro é longo e fino, com projeção da mandíbula em relação ao maxilar.

Coloração: Os indivíduos imaturos apresentam coloração cinza escura na porção dorsal e cinza clara no ventre. Com o passar da idade o a região dorsal apresenta tonalidades distintas de cinza e surgem pintas no ventre. Nos indivíduos mais velhos as pintas surgem no dorso e nos flancos. É notória uma faixa escura da boca até as nadadeiras peitorais e logo abaixo uma segunda faixa rosada. Ao redor do olho tem uma faixa escura que se estende até a base do rostro. Possui os lábios e porção anterior do rostro em coloração branca. As nadadeiras são escurecidas.

Nadadeiras: As nadadeiras peitorais são curvadas na porção anterior e pontudas na extremidade. A nadadeira dorsal é curvada para o sentido posterior. A nadadeira caudal é proporcionalmente grande, com uma quilha reduzida e reentrância central.

Dimorfismo sexual: Não evidente.

Dentição: 35 a 40 dentes na maxila e mandíbula.

Número de vértebras: 7 cervicais, 15 torácicas, 19 lombares e 37 caudais.

GOLFINHO-nariz-de-garrafa

Tursiops truncatus

 

Distribuição: Cosmopolita, sendo encontrados principalmente em águas tropicais e subtropicais, onde a temperatura de superfície apresenta aproximadamente 25°C, podendo ser encontrados também em águas temperadas quentes.

Habitats: Podem ser encontrados em uma variedade de hábitats marinhos e estuarinos, apresentando dois tipos de populações; as pelágicas, que costumam realizar movimentações sazonais e as populações costeiras que apresentam hábitos residentes durante todo o ano.

Tamanho ao nascer: 0,80 m a 1,40 m

Tamanho adulto: 1,90 m a 4,30 m

Peso adulto: 260 kg (fêmeas) e 650 kg (machos)

Características gerais do corpo: Apresenta corpo robusto, cabeça arredondada, rostro curto, truncado e largo e uma nítida dobra que separa o rostro do melão.

Coloração: Cinza-escura dorsalmente e cinza-clara ou pálida nos flancos e ventre. Pode apresentar uma linha cinza-clara entre o olho e as nadadeiras peitorais. Animais velhos podem apresentar manchas na barriga. Alguns adultos podem ter uma mancha branca na extremidade da mandíbula.

Nadadeiras: Apresenta nadadeira dorsal moderadamente alta e falcada, nadadeiras peitorais curvadas e algumas vezes pontiagudas e uma nadadeira caudal com reentrância mediana e pedúnculo espesso.

Dimorfismo sexual: Machos podem apresentar 1/3 do tamanho da fêmea.

Dentição: 20 a 24 dentes em cada lado da maxila e 18 a 24 dentes em cada lado da mandíbula.

Número de vértebras: 7 cervicais, 14 torácicas, 15 lombares e 29 caudais. Cinco pares de costelas possuem uma dupla cabeça.

GOLFINHO-DE-CLYMENE

Stenella clymene

 

Distribuição: Águas tropicais e subtropicais do Oceano Atlântico. A espécie prefere águas profundas. O extremo norte da distribuição vai do leste-sudeste de Nova Jersey (EUA) ao sul de Marrocos. A ponta sul vai da Angola ao Rio de Janeiro. Há registros no Golfo do México. A espécie não foi avistada no mar Mediterrâneo.

Habitats: Costeiro e Oceânico

Tamanho ao nascer: 0,80 m a 1,10 m

Tamanho adulto: 1,80 m a 2 m

Peso adulto: 70 kg a 80 kg

Características gerais do corpo: Rostro relativamente curto, mandíbula maior que a porção rostral.

Coloração: Possui um padrão tricolor com o dorso cinza-escuro, as laterais cinza-claras e o ventre branco, sendo predominantemente cinza. Cinzaescuro desde a cabeça até a porção posterior do corpo, exceto o pedúnculo caudal. Há uma faixa cinza-clara do olho até às nadadeiras peitorais e uma faixa escura que se inicia na região anal e se estende em direção à cabeça. A barriga é discretamente rosada. A banda preta no rostro vai da extremidade até a base do melão. Em continuidade a esta, há uma banda cinza que se estende da base do melão até o orifício respiratório. Os lábios e a extremidade anterior do rostro são negros, sendo característica marcante para o diagnóstico da espécie pela semelhança com um “bigode”.

Nadadeiras: Peitorais estreitas, pequenas e com extremidades pontudas. Dorsal pequena, posicionada no centro do dorso e moderadamente falcada. Caudal com extremidades finas, com reentrância central, moderadamente quilhada e extremidade pontiaguda.

Dimorfismo sexual: Os machos adultos são maiores e mais pesados do que as fêmeas.

Dentição: 38 a 49 em cada lado da maxila e da mandíbula.

Número de vértebras: Varia de 70 a 76.

GOLFINHO-COMUM

Delphinus delphis

 

Distribuição: Ocorrência mundial nos dois hemisférios, nas águas oceânicas e nas margens dos mares tropicais, subtropicais e temperados. Pode ser encontrado desde em águas próximas ao litoral até milhares de quilômetros da costa do Oceano Atlântico e do Pacífico e em mares fechados, como o mar de Okhotsk, o mar do Japão, o mar Negro e o mar Mediterrâneo, onde foram encontradas subpopulações separadas.

Habitats: Predominantemente oceânico

Tamanho ao nascer: 0,80 m a 0,90 m

Tamanho adulto: 1,80 m a 2,5 m

Peso adulto: 70 kg a 130 kg

Características gerais do corpo: Rostro longo e bem demarcado na junção com o melão.

Coloração: O cruzamento de duas linhas laterais do corpo delimita quatro regiões distintas, sendo cinza-escura a preta no dorso, amarelo-clara na porção anterior dos flancos desde a cabeça até o final da nadadeira dorsal, cinza-clara na região posterior dos flancos e branca no ventre, desde o pescoço até a região anal. Uma ou mais listras cinza sobre a região ventral branca, estendendo-se da cabeça até pouco depois do meio do corpo. Uma listra negra que se inicia na base do melão e se estende até os olhos, circundando-os como uma máscara. Região mandibular cinza-clara e com uma listra cinza-escura que se inicia na região da mandíbula e se estende até a nadadeira peitoral.

Nadadeiras: Peitorais com extremidades pontudas. Dorsal em posição mediana em relação ao corpo, alta, podendo ser triangular ou curvada para trás. Caudal larga com extremidades pontudas e reentrância central afinadas e com nítida reentrância central.

Dimorfismo sexual: Pouco evidente.

Dentição: 345 a 60 dentes em cada fileira da maxila e mandíbula.

Número de vértebras: 7 cervicais (2 primeiras fusionadas), 14 torácicas, 21 lombares, 31 a 35 caudais.

CACHALOTE

Physeter macrocephalus

Classificação: Odontoceto

Tamanho ao nascer: 4 m

Tamanho adulto: 15 m a 20 m

Peso adulto: 20.000 kg a 45.000 kg

Características gerais do corpo: Grande cabeça retangular com espiráculo do lado esquerdo, além de mandíbula pequena e estreita.

Borrifo: 3 a 5 metros para frente.

Nadadeiras: Peitorais pequenas e arredondadas, ausência de dorsal (4 a 5 ondulações) e caudal triangular.

Dentição: 18-29 pares por mandíbula. Grandes, cônicos e ovais (corte transversal).

Número de vértebras: 7 cervicais, 11 torácicas, 8 lombares, 24 caudais. Co 8-11 com 2 cabeças articulares.

CACHALOTE-ANÃO

Kogia sima

Tamanho ao nascer: 1 m

Tamanho adulto: 2 m

Peso adulto: 150 kg a 270 kg

Características gerais do corpo: Cabeça bulbosa e afinada não havendo distinção entre o rostro e melão. Mandíbula pequena, estreita e menor que maxila.

Coloração: Possui uma curva cinza-pálido na cabeça oferecendo aspecto de brânquia.

Nadadeiras: Nadadeiras peitorais pequenas e alargadas, dorsal evidente de base larga, triangular, um pouco curvada para trás e posicionada no meio do corpo.

Dentição: 7 a 12 pares por mandíbula. Fino, longo e curvado.

Número de vértebras: 7 cervicais (fusionadas em 3 pares), 13 torácicas, 9 lombares, 27 caudais.

GOLFINHO-DE-RISSO

Grampus griseus

Classificação: Odontoceto

Tamanho ao nascer: 1 m

Tamanho adulto: 3 m a 4 m

Peso adulto: 300 kg

Características gerais do corpo: Cabeça arredondada com um sulco central na região do melão.

Coloração: Coloração dorsal cinza claro e com numerosas cicatrizes claras, na região anterior do corpo. Filhotes nascem cinza escuro.

Nadadeiras: Dorsal alta e curvada para trás, peitorais longas e pontiagudas.

Dentição: 3 ou 4 pares, mas ainda pode variar entre 2 e 7 pares. Fortes e ovais na extremidade anterior.

Número de vértebras: 7 cervicais, 12 torácicas, 18 lombares, 31 caudal.

FALSA-ORCA

Pseudorca crassidens

Distribuição: Águas tropicais e temperadas de todos os oceanos

Habitats: Oceânico

Tamanho ao nascer: 1,5 m

Tamanho adulto: 4,5 m a 6 m

Peso adulto: 1.000 kg a 2.300 kg

Características gerais do corpo: Corpo alongado e esguio, cabeça pequena, arredondada. Não apresenta diferenciação entre rostro e melão, com projeção do melão curvada e maior que a mandíbula.

Coloração: Uniformemente preta ou cinza-escura. Presença de uma mancha cinza-clara em forma de âncora na região ventral, entre as nadadeiras peitorais e até metade da barriga. Pode apresentar tonalidades cinza-claras na região da cabeça. Presença de uma capa dorsal mais escura.

Nadadeiras: Nadadeiras peitorais estreitas, curtas, pontiagudas e fortemente curvadas anteriormente. Nadadeira dorsal posicionada próximo ao centro do corpo, falcada, esbelta, com a extremidade arredondada e curvada para trás. Caudal pequena, com extremidades pontiagudas e reentrância central evidente.

Dimorfismo sexual: Não evidente.

Dentição: 7 a 10 pares de dentes maxilares e de 9 a 12 pares de dentes mandibulares, grandes e robustos.

Número de vértebras: 7 cervicais (todas fusionadas), 10 torácicas, 10 lombarese 23 caudais.

ORCA

Orcinus orca

Classificação: Odontoceto

Distribuição: Cosmopolita

Habitats: Vivem em ambientes estuarinos, costeiros e oceânicos

Tamanho ao nascer: 2,4 m

Tamanho adulto: 6,5 m a 8,0 m

Peso adulto: 3.500 kg a 5.200 kg

Características gerais do corpo: Possuem cabeça arredondada e relativamente pequena, com rostro curto, arredondado e mal definido. Apresentam também o melão grande.

Coloração: Predominância do preto no dorso e branco no ventre. A cor branca se estende da mandíbula até a região anal, com uma projeção curvada nos flancos. Evidente mancha branca acima e posterior ao olho. Mancha acinzentada após a nadadeira dorsal. Nos juvenis o dorso é acinzentado e o branco do ventre pode ser pálido ou amarelado.

Nadadeiras: Nadadeiras peitorais grandes e arredondadas. Nadadeira dorsal dos machos é duas vezes o tamanho da nadadeira dorsal das fêmeas, que é mais curva. Atrás da nadadeira possui uma “cela” de cor cinza escuro. A nadadeira caudal é larga e reta, levemente convexa nas bordas e com notável reentrância mediana.

Dimorfismo sexual: Nos machos adultos a nadadeira dorsal é muito alta, podendo atingir 1,8 m de altura. Nas fêmeas, a nadadeira dorsal não ultrapassa 0,90 m e é curvada para trás.

Dentição: 48 a 52 pares.

Número de vértebras: 7 cervicais, 12 torácicas, 10 lombares, 23 caudal.

JUBARTE

Megaptera novaeangliae

Classificação: Misticeto

Tamanho ao nascer: 4,5 m

Tamanho adulto: 14 m a 19 m

Peso adulto: 30.000 kg a 48.000 kg

Características gerais do corpo: Possui de 12 a 36 pregas ventrais brancas. Cabeça com numerosas protuberâncias e, grande projeção na extremidade inferior da boca.

Coloração: Escura

Nadadeiras: Peitorais grandes e dorsal em forma de corcunda e com a base alargada. Caudal com a borda posterior ondeada.

Dimorfismo sexual: Não evidente.

Barbatanas: 250 a 400 pares, com 65 cm de comprimento na cor cinza escuro com cerdas cinza claro.

Número de vértebras: 7 cervicais, 14 torácicas, 10 lombares e 22 caudais.

 

REFERÊNCIAS

MONTEIRO-FILHO, E. L. A.; OLIVEIRA, L. V.; MONTEIRO, K. D. K. A.; FILLA, G. F.; QUITO, L.; GODOY, D. F. Guia Ilustrado de Mamíferos Marinhos do Brasil São Paulo: Instituto de Pesquisas Cananéia - IPeC, 2013.

JÚNIOR, J. M. S.; SILVA, F. J. L. Golfinhos do nordeste do Brasil. Fernando de Noronha, PE: Centro Golfinho Rotador, 2020.

Projeto Cetáceos da Costa Branca - UERN. Desde 1998. Todos os direitos reservados.

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • Google+ - Círculo Branco